Identifique seus traumas e saiba que é possível mudar!

de

Metade o ano já se foi, passou muito rápido, e muitas resoluções de ano novo ficaram apenas como uma lista esquecida em alguma gaveta. Os planos de mudar, de fazer diferente, sentir diferente ainda não são verdades. Se para você foi assim também, leia o que tenho para contar.

A gente só muda quando nossas crenças, ideias e pensamentos mudam. É sempre de dentro pra fora, e não ao contrário. É preciso parar de esperar alguém ou alguma situação mudar para nos sentirmos melhor. Então, para explicar o motivo destas tentativas frustradas, de quem ainda tem coisas que não conseguiu mudar, vou falar um pouco sobre os traumas.

shutterstock_284183555

Os traumas, ao contrário de que muita gente pensa, não são apenas grandes acontecimentos na vida das pessoas. Os traumas vão desde uma cena que aconteceu, uma frase dita de qualquer forma por alguém significativo, uma imagem, um pensamento ou sentimento que não foi “digerido” pelo seu cérebro, etc. E claro, os eventos traumáticos que são os acontecimentos muito fortes (como roubo, enchente, acidente, episódios de extrema violência e tantos outros).

Porém, existe uma coisa em comum entre os dois tipos de eventos que são: memórias congeladas onde a pessoa fica presa aos acontecimentos passados, trazendo consigo crenças falsas que passam a reger a vida e seu comportamento para sempre. É como se uma “névoa” do passado impedisse de viver o presente.

 

E para mudar é necessário re-significar, mudar a forma de ver e sentir sobre o acontecimento traumático. Os métodos de psicologia que usam reprocessamento são muito eficazes para trazer alívio a este tipo de sofrimento.

Em casos de eventos traumáticos, só pensar positivo e ter força de vontade não é o suficiente. É necessário procurar um profissional da psicologia especializado, pois depois de reprocessadas essas memórias, toda a cadeia de comportamentos influenciados pelo acontecimento são finalmente digeridos e a pessoa se torna capaz de olhar para o mesmo evento sem as sensações incômodas que passou a vida toda sentido.

É somente desarticulando a rede neural envolvida que a pessoa passa a ter mais leveza e consciência para viver o presente, deixando literalmente o passado para trás. E é só deixando o passado para trás que pode viver o presente e co-criar seu futuro.

No Espaço Terapêutico Bem Viver trabalhamos com métodos como Brainspotting, entre outros, obtendo resultados positivos neste sentindo com nossos pacientes. Para saber mais, entre em contato pelo whatsapp 47 9 99147829.

3 Responses
  • Franciane Dal Pizzol
    julho 26, 2017

    Espero que gostem. Deixem comentários se esse texto fez sentido pra você. Desde já agradeço a colaboração ???

  • Fernanda Rosa
    julho 27, 2017

    Faz muito sentido Fran! Comecei a analisar as minhas inseguranças e pequenas coisas que me incomodam profundamente. Precisando muito agendar meu Brainspotting. Excelente matéria! Beijoss

  • Liane S Rosa
    julho 30, 2017

    Parabens Fran pela matéria, tem que divulgar ….. Beijos

O que você acha?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *