A História do Casamento

de

O casamento é uma das instituições mais antigas do mundo e sofreu mudanças e adaptações ao longo da história, de acordo com aspectos emocionais e socioculturais envolvidos. O ser humano de alguma forma está conectado com seus semelhantes e para vivermos é necessário nos relacionarmos com outros seres humanos.

Na Idade Antiga, o casamento era um acordo formal entre o noivo e o pai da noiva, que implicava no pagamento de um dote por parte do pai e havia uma celebração religiosa domiciliar. Assim, esta forma de união conjugal não levava em conta a vontade da noiva nem o seu consentimento.

Na Idade Média, o casamento passa a ser um sacramento da Igreja, constituindo um modelo conjugal cristão no qual a indissolubilidade do casamento era exigida assim como a imagem de pureza da união. Não se dava importância ao amor no relacionamento e a validade do sacramento do matrimônio residia na fidelidade e em filhos em comum, portanto, o amor entre os cônjuges era considerado um resultado da união e não como base do relacionamento. O casamento tinha por função ligar duas famílias e permitir que elas se perpetuassem, mais do que satisfazer o amor de duas pessoas.

smarriage

O casamento por amor passa a ocorrer depois da Revolução Industrial, com o capitalismo, quando as mulheres entram no mercado de trabalho e deixam de ser propriedade privada da família e adquirem o papel de produtoras, o que possibilitou um importante passo para sua libertação.

casamento

É na cultura do século XIX que o casamento passa a ter uma condição de relacionamento amoroso. Hoje, as discussões que envolvem o casamento ainda persistem e representam muito das mudanças que ocorreram em nossas sociedades.

casamento-natalia-e-luiz-arcasamento-igreja-nossa-senh casamento-inesquecivel casamento-judaico-noivos-fo fotografo-de-casamento-na-p

O casamento homoafetivo, por exemplo, é amplamente discutido na sociedade atual, principalmente nas esferas políticas, onde a pluralidade e a diferença devem ser contempladas, e nas organizações religiosas que se posicionam contra e acreditam ser a única instituição legítima capaz de consagrar a união matrimonial.

0784-IMG_9948-Full-Res-Fina casamento-gay-cerimona-ao-a

danca-dos-noivos

Enfim, independente de religião, crença, cultura ou opção sexual, Casamento nada mais é do que uma Associação, uma Aliança. E para que aconteça, as partes envolvidas precisam apenas querer de formas iguais.

Ainda não há comentários.

O que você acha?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *